Menu
 
 

Vídeo de perfil no Facebook | Saiba mais quando libera a nova opção!

Será que teremos vídeos como foto de perfil ou somente um GIF?

Quem tiver o facebook atualizado e entrar em seu perfil para alter a imagem vai notar uma nova opção de ”Em breve: vídeo do perfil” que ainda está indisponível!

Vídeos terão até 7 segundos e serão exibidos continuamente, como GIFs.
Usuários poderão ainda criar imagens de exibição temporárias. 

Vídeos curtos e exibidos como GIF poderão substituir fotos em imagens de exibição de perfil no Facebook. (Foto: Divulgação/Facebook)Vídeos curtos e exibidos como GIF poderão substituir fotos em imagens de exibição de perfil no Facebook. (Foto: Divulgação/Facebook)

Se você já ficou animado quando o Facebook liberou os GIFs animados na linha do tempo, você vai ficar ainda mais feliz com esta nova atualização. A rede social acaba de lançar um recurso que permite que o usuário coloque como imagem de perfil um GIF.

Com a nova ferramenta, chamada de profile videos, a pessoa poderá fazer um vídeo de até sete segundos e colocar no lugar de sua foto estática no perfil. Assim, toda vez que alguém visitar o perfil no Facebook, verá a foto se mexendo.

Mudanças no mobile

Além destas duas novas ferramentas, logo também será possível colocar mais informações no perfil. O usuário poderá incluir uma seção nova, que tenha desde uma minibiografia de uma linha até cinco fotos no parte superior do perfil.

Além disso, a foto do perfil na versão mobile foi transportada para o centro da tela. Antes, ela ficava na lateral esquerda do display. “Nós as fizemos maiores para lhe mostrar o que você pode fazer com as nossas novas ferramentas criativas.”

Segundo o Facebook, os usuários visitam perfis na rede social mais de quatro bilhões de vezes por dia. Aliás, as fotos de perfil não existem desde que Mark Zuckerberg criou a rede. Na realidade, o recurso foi apresentado pela primeira vez em 2004.

Os recursos novos ainda não estão disponíveis para todos os usuários – eles estão sendo testados por grupos de pessoas nos Estados Unidos e no Reino Unido. O Facebook ainda não comentou quando o recurso chegará ao Brasil.

Inline
Inline