Menu
 
 

Atualização da Paranoid Android pode ser o recomeço da ROM

A Paranoid Android já foi uma das ROMs mais renomadas da internet, um sinônimo ao AOSP e um dos principais concorrentes ao projeto CyanogenMod (atual LineageOS). Fornecendo uma experiência incomparável ela é desenvolvida pensando exclusivamente na ampliação do sistema, implementação de novos recursos e aperfeiçoamento visual. Durante tempos o projeto se manteve estático, sem decadência, mas também sem avanço. Quem entrou no meio de Custom ROMs no último ano se quer ouviu falar no nome, mas aos poucos, a Paranoid está voltando e uma grande atualização pode reposicioná-la no mercado.

A queda que o projeto sofreu foi impactante. No ano passado grande parte dos desenvolvedores se desligaram do grupo para se juntar à OnePlus e trabalho no projeto OxygenOS. Com o grupo parcialmente quebrado, e com a ROM baseada na versão do Android 6.0, os desníveis foram inevitáveis, mas agora, as coisas estão mudando novamente, confira o que a mais recente atualização trouxe à ROM.

Paranoid Android (Fonte: AndroidPIT)

O Android

A partir de agora, a ROM é baseada no Android 7.1.2, ou seja, já roda a versão mais recente do sistema da Google. Por mais que isso não seja nenhuma exclusividade (muito pelo contrário), é sim, uma novidade se tratando da Paranoid, uma vez que o déficit interno deve ter tornado isso um tanto complicado.

Novos recursos

Entre os novos recursos – alguns deles exclusivos ao projeto – temos o Pie Control (com Material Design), que promete mudar a forma como você utiliza o seu celular, adicionando mais gestos para navegar; o Color Engine, que possui uma espécie de loja de temas, permitindo que você alterne entre o visual Light, Night e Black; o suporte para controle por gestos que irá simplificar as suas tarefas transformando gestos em atalhos; o modo imersivo, que permitirá a visualização de um aplicativo em tela cheia; e a customização de botões, que irá dar mais amplitude às suas possibilidade de personalização visual. Além disso, algumas novidades gerais também estão disponíveis, e elas incluem a compatibilidade com o SafetyNet, o controle por LED da bateria e notificações, a customização dos ícones de bateria, o suporte ao Substratum, otimizações de desempenho e bateria e muito mais.

Você encontra o relatório de alterações completo no Google+ a partir deste link.

Paranoid Android – Theme Engine (Fonte: AndroidPIT)

Dispositivos compatíveis

Como de costume, somente os modelos de teste são compatíveis com a Paranoid, ou seja, você só poderá rodá-la se possuir um Google Pixel ou Pixel XL, um Google Nexus 5x ou 6P ou um OnePlus 3 ou 3T. A ROM ainda aguarda o apoio da comunidade para a expansão do projeto aos demais dispositivos. Enquanto isso  download da versão mais recente da pode ser efeito a partir do site oficial neste link, e o hospedeiro do projeto no GitHub aqui (clique para acessar).

Paranoid Android – Nexus 5 (Fonte: AndroidPIT)

 

Leia também: Paranoid Android – Site Oficial

Leia também: Paranoid Android – Projeto no GitHhub

Fonte: PPLWare